04 janeiro, 2014

WINTER BREAK!!!

(diário da viagem à Colorado) obs: continuarei postando fotos aqui


     Depois de um longo tempo na escola, finalmente tive um tempo para descansar a mente, estou desde fevereiro indo a escola. Winter Break (ou "feriado de inverno"), mas porque inverno Matheus? Lembrando que aqui nos Estados Unidos as estações são o contrário das do Brasil, portanto enquanto verão no Brasil, inverno aqui. O Winter Break chegou com tudo e em um tempo perfeito. 

     Viajei para Colorado (outro estado dos EUA) no sábado (21/12/13), 15 horas de viagem com direito a uma parada a cada três/quatro horas. Sai da minha casa as 5hrs da manha chegando somente a noite, tudo direto. Chegando la casa cumprimentei o pessoal e fui passar cera nos meus esquis (para eles deslizarem melhor). 










     Dia 22 de Dezembro, domingo, primeiramente fomos (eu e os Hotvets, minha nova família, e mais parentes) à caça de outra árvore de natal (outra porque já fui a caça com os Hotvets). A árvore tem mais ou menos quatro metros de altura. 









     
   
     Na parte da tarde, fomos esquiar. Minha primeira vez hehe. Após chegar no local, Winter Park Resort (cidade de Winter Park) pegamos uma gôndola para ir do estacionamento até a área de esquiar. Carregando meus pesados esquis e usando botas de esqui ( 100% desconforto garantido ) cheguei a área e enfrentei as montanhas de 2500 a 3000 metros de altura. Para começar pegamos outra gôndola para chegar a um ponto da montanha. Comecei caindo logo quando sai da gôndola. Morrendo de medo fui para a minha primeira descida. Cai denovo. Aprendi um pouco a parar. Cai denovo. Dean Hotvet (meu hostpai agora), doidamente me leva para o topo uma montanha para descermos uma pista de level verde (a mais fácil). Cai denovo. Dei umas curvas e cai mais umas 50 vezes, sério mesmo. Após de mais ou menos uma hora e meia para duas horas de descida e muitos tombos, cheguei a vila do Winter Park Resort, totalmente "quebrado" e todo doendo. Esse foi meu primeiro dia esquiando. Terminei o dia com um belo banho mas infelizmente com dificuldades para respirar (muita atividade fisica para o primeiro dia em alta altitude). Jurei para mim mesmo que não voltaria a esquiar nunca mais (você diria o mesmo se estivesse aqui). 

 




   

     Impressionantemente fui esquiar novamente no dia seguinte (23/12/13). Mas dessa vez fiz uma aula de aproximadamente 3 horas. Conheci novas pessoas e tive bastante diversão. O instrutor era super bem humorado e animado tornando o dia ainda melhor. Terminei o dia com um belo banho, jogos com a família e cama. 

    
 

     Terceiro dia (24/12/13), esquiar novamente. Pensa em uma pessoa super cansada, sim eu. Para melhorar, começou uma tempestade de neve. Mesmo assim fomos esquiar. Eu mau conseguia ver três metros na minha frente, mas mesmo assim fomos. Ainda preciso treinar as minhas curvas, esquiar é muito mais difícil do que eu achava. Meu dia chega ao fim com umas apresentações do pessoal do Resort e uma ceia de Natal com a família. A ceia, daqui pelo menos, nao é nada comparado com a que temos no Brasil (comparando com a minha família ), foi um jantar normal com bife, purê de batata e salada. Posso dizer que o que se compara com a ceia de Natal do Brasil é a ceia do dia de Ação de Graças, vários tipos diferentes de comidas e bastante comida.








(papai noel)








     Dia 25 de dezembro, ano 2013, dia de Natal. Começamos o dia abrindo os presentes, ganhei muitos. Logo após fomos nos divertir nos sleds, que são basicamente "pranchas" que ficamos em cima e deslizamos um morro ou algo inclinado. Entretanto, como estou vivendo com os Hotvets agora, descemos nas ruas que vão da casa até no começo da montanha (não tudo, mas uma boa parte). Com muitas curvas e penhasco do meu lado, me senti um piloto do filme Velozes e Furiosos após algumas descidas. Para apimentar um pouco, mudamos a pista: partimos para a Suicide Hill (Descida Suicida). Agora imagine o porque do nome. A descida é basicamente uma reta mas com um declive gigantesco, com as bordas do lado cheio de árvores. Devo ter chegado pelo menos a uns 60 km/h (não sei exatamente, mas é muito rápido).  
     


     No dia seguinte (26/12/13) foi mais um dia esquiando. Dessa vez fomos em outra montanha, uma do lado da montanha da vila do Winter Park Resort. Fiquei numa parte mais baixa por um bom tempo, ainda não me sinto confiante o suficiente para ir em umas pistas mais inclinadas. Depois de parar para um lanche, fui com o Dean para o topo da montanha, nomeada Mary Jane. Pegamos uma pista de level verde (o mais fácil). No começo era bem inclinado, mas fui freiando. Achei bem legal essa pista. Devo ir denovo amanhã.  
     
      Decidi não ir esquiar hoje e tirar o dia para descansar. Fiquei na cabana e montei um quebra-cabeça de 550 peças com a imagem do lago Minnetonka e umas flores nativas em volta, as peças não tinham um padrão como as que estou acostumado. Mas enfim, montei haha.




     

      Dia 28 de Dezembro, fiz cross country skiing (ou Nordic Skiing). São outro tipo de esquis. Eles são mais finos e o esporte é mais focado na corrida e não no deslize descendo alguma montanha como no Downhill skiing. Foi uma volta boa, terminei chegando na cabana super cansado. Vinte minutos depois partimos nos divertir nos sleds denovo. Estava comigo Jack, meu host brother, no mesmo sled. Segue o vídeo com um pouco do percurso. Um pouco porque aconteceu algo, digamos, engraçado. 
 



    E logo depois do Suicide Hill fui descansar na Jacuzzi, nada melhor como relaxar em água quente e um ar negativo do lado de fora.

     Dia 29 de Dezembro de 2013, passei a manhã em casa, os Hotvets foram esquiar logo cedo pois tinha nevado mais 25 cm. Já acho difícil esquiar com uma neve "normal", não conseguiria esquiar com 25 cm mais de neve entre meus esquis. Na parte da tarde, entretanto, fui à uma caminhada com o Dean e o Jack. Usamos snow shoes, os mesmos que vemos em filmes quando pessoas vão caminhar na neve. Foi uma caminhada boa e fomos até um local onde os Estadunidenses deixavam os prisioneiros alemães ou japoneses durante a segunda guerra mundial. Infelizmente estava tudo soterrado na neve. Mas era uma área bem aberta e deu para ter uma noção de como era. Valeu a caminhada de 6 km.

(Fotos snow shoes)

    


      Hoje dia 30 de dezembro fomos a uma outra caminhada, mas dessa vez todos os Hotvets (os pais do Dean: John e Sandy; o irmão do Dean e sua esposa: Jeff e Jodi; Dean, Jack) e eu. Nosso destino foi The Rocky Montains Park, ou Parque das Montanhas Rochosas em português. É um lugar a mais ou menos 50 minutos da Cabana indo de carro. Na primavera e verão muitas pessoas vão lá para ver tipos diferentes de Alces (elk e moose). Infelizmente não vi nenhum mas valeu a pena a vista. Foi uma caminhada de 8km, novamente usando os snow shoes. Foi "pesado", pelo menos para mim que não faço muito exercício físico desde que cheguei aqui (que vergonha Matheus). E vergonhosamente esqueci minha câmera na cabana (ou casa. Eles falam Cabin, que traduzindo é cabana, mas é uma casa normal, de madeira). Terminando o percurso fomos para uma cidade próxima para jantar. Chegando lá vimos um Moose (alce) andando pela cidade com o filhote. Comi hambúrguer de Elk (alce também, como disse, são tipos diferentes de Alce). A textura do hambúrguer é diferente, o mesmo com o sabor, porém não muito diferente do hambúrguer normal. Mas o que realmente me chamou a atenção foi o restaurante em si. Era um restaurante "de amendoim". Como assim Matheus? Bem, em todas as mesas tinham baldes de amendoim, no seu estado normal (clique aqui para ver o "estado normal" do amendoim), quando terminar de comer o amendoim você joga a casca no chão. Meio inútil isso, mas achei engraçado. Algo que não vemos no Brasil (pelo menos nunca vi). 








(mãe moose e filhote)

(diferenças entre o Elk e o Moose)


  

     Dia 31 de Dezembro de 2013, véspera de ano novo. Último dia esquiando. Novamente fomos à Mary Jane. Fiquei uns minutos aquecendo em uma pista de iniciantes com o Dean me ensinando umas técnicas. Após isso, fomos à mesma pista que fui da outra vez. Muito boa ela. Dessa vez já estava me sentindo melhor do que da primeira vez. O Dean e o Jack me fizeram ir em um caminho entre as árvores e adivinha só, fui direto em uma(HAHAHA). 
















     Final do dia nos encontramos com o resto da família (a parde ta família da irmã da Sandy, que é a mãe do Dean). Foi a "celebração" da virada do ano. Nos encontramos por volta das 19 horas e ficamos conversando e jogando jogos. Diferentemente do Brazil. A festa acabou faltando 5 minutos para a virada do ano, não viramos o ano juntos (o que achei meio estranho). Caminhando de volta para a casa dos Hotvets, decidimos (eu, o Dean e o Jack) ver os fogos da virada. Infelizmente não conseguimos ver pois estava com muita neblina. Resumindo, minha virada de ano foi no meio da estrada, no frio e sem conseguir ver nem estrelas.
     
     E quarta feira dia primeiro de 2014. Foi meu último dia completo em Colorado. Fomos brincar com os sleds denovo. Dessa vez criamos nosso próprio percurso. Teve até rampa para saltar. Foi bem divertido.

(fotos e video do ultimo dia de sled)