24 agosto, 2013

First Day

    Eae galera, meu intercambio já começou comigo QUASE esquecendo o meu notebook no primeiro raio-x (em BH mesmo, logo após despedir dos meus pais), por sorte, peguei ele antes de um policial federal me chamar para uma salinha para eu entregar a autorização de menor viajar sozinho, engraçado foi quando ele perguntou se era dos escoteiros kkkkkkkk (pq ele viu alguns pins no meu blazer, ri demais). 
    Enfim, essa foi minha primeira de muitas mancadas do intercambio, kkkkk.


    Peguei o avião Confins/Miami de boa e chegando em Miami fui para o trilho de trem lá que esqueci o nome (correndo para não pegar uma fila muito grande na imigração). No trenzin, conheci um cara que até me chamou para ir visitá-lo na Flórida e conhecer sua família, e ofereceu também ajuda com o inglês se necessário (o que não era). Obs: tudo isso porque ele achou que eu estava fazendo "o ciências sem fronteiras". Hehehe, mas enfim.
    Quando peguei a mala e passei por um fiscal, ele me mandou para uma checagem das malas, logo pensei "pqp, fudeu, ja era, #partiuvoltarbrasil". 
    Minhas malas passaram por um raio-x de novo e um cara começou a perguntar se eu tinha carne na mala --'. (claro que não). Disse que não e então ele disse para eu mostrar ele alguma coisa que não entendi e não me lembro o nome. No fim ele abriu uma mala minha, olhou tudo e deixou passar porque não achou 'a carne' --'.
    Levei as malas para a conexão e passei pelo raio-x de novo (odeio passar por esses raio-x porque tem que tirar tudo do bolço, enfim).
    Quando arrumo tudo de boas vejo que já tinha começado o meu embarque. Logo pensei "putz, ferrou, vou perder o vôo" isso porque eu estava no terminal 25 e tinha que ir para o 39. Corri para pegar o trenzin e fui para o 36, correndo de novo depois para o terminal 39, por fim embarquei e to aqui escrevendo essa bagaça.
    Tenho uma leve impressão que terei que correr de novo no aeroporto de Chicago e se eu der "sorte", meu terminal vai ser lá aonde o judas perdeu as botas pq nao tem um terminal fixo escrito na passagem, tomara que eu consiga. 


    OK, continuando a escrever, cheguei em Minneapolis e la estavam a minha oficial de intercâmbio e minha mãe me esperando logo na saída do avião.
    Desci umas escadas rolantes e lá estavam meu pai, o Tommy (irmão mais novo), um pessoal do rotary, meu concelheiro e um guri chamado Jack (muito gente boa e estudará no Minnetonka High School), sem contar a minha 3 família que conheci la (esqueci o nome dos pais e tem um da minha idade chamado Andrew).
    Saímos para comer e lasquei um hambúrguer (começou o gordo). Após o lanche/almoço passei pela minha escola e PQP, muito grande. Enfim, fui pra casa e véi, tem uma floresta atras dela, PQP de novo. Dormi um pouco.
    La para as 6hrs fomos para a casa da irmã da minha mae, minha "tia". La estavam uma porrada de gente que esqueci os nomes e parentescos. Mas tem o Ben, 20 anos primo do tommy e foi jogador de futebol americano, vi uns vídeos dele jogando e o cara humilha.
    Jogamos sinuca com o Ryan, namorado de outra prima, a Andrea. O lugar era igualzinho dos filmes, luminária logo a cima e vários quadros de esportes nas paredes. Tudo isso no porão deles, a sala é fantástica.
    Aqui todos andam descalços ou de meia na casa porque o chão é quase todo coberto de carpete.
    Agora vou dormir pois estou muito cansado, see ya next post!!
    Beijos,
             Eu


ps: teve parte que escrevi no avião :D